terça-feira, 14 de janeiro de 2014

esses dias...

ELA NAO T!VERA TEMPO DE RESP!RAR QUANDO PERCEBERA ESTAVA COM A CASA !NVAD!DA POR 5 HOMENS... M!NTO... D!GO POR 5 ELEMENTOS ARMADOS DO SEXO MASCULINO... -JA D!Z!A 1 CERTO ALGUEM NO BA!RRO DA MUR!BECA: "Passando o primeiro susto o resto é café pequeno". -COM ELA NAO FORA TAO S!MPLES ASS!M, PO!S O Q + ASSUSTARA-A FORA AO PRESTAR B.O. TER Q HOUV!R DA BOCA DO DRA. DELEGADA Q: "Tivera sorte por tais bandidos terem sido bonzinhos e não a fizeram nada". -PUTA Q PAR!U !!!!!!!!!!!!!!!!
-ESPERO Q CHEGUE O D!A EM Q O SR. C!DADAO NAO VENHA + HOUV!R DO CU Q ESSAS AUTOR!DADES ATENDEM PELA CUNHA DE BOCA, TA!S BOST!CES 
!
!
!

"São, São Paulo 
meu amor..."

ESPERO Q NOSSOS
REPRESENTANTES NA POL!T!CA
Y D+ AUTOR!DADES NAO ACHEM +
TANTAS BONDADES NOS ASSALTOS
...'Q O ESTUPRO SEJALGO MENOS DANOSO
Q O ATO DE MATAR O... OUTRO',
PO!S QUANTAS V!DAS V!VAS
CARREGARAO A MORT!C!DADE
DO SER NO !ND!V!DUO
.
.
.

"São, São Paulo 
quanta dor..."

-ENCERRO ESSAS L!NHAS
D ! S C O R R ! D A S
COM NOT!C!AS DE TERRAS
NAO C!V!LIZADAS...
AO CONCORDAR COM O
POETA PUX!RUM:
"Tom Zé disse, comprovando a burrice
Cantou Belchior, ao vivo é muito pior
Meta a sua moral no fiofÓ !".
PO!S TAMBEM... JA DERA 
D!SCARGA NA PROPR!EDADE
P R ! V A D A
!
!
!

-c.p.b.p.jr:
(O POETA-MATUTO-MARG!NAL !!!)
XIV/I/MMXIV

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Entre meus seios


Entre meus seios

I
Eu me dou a ti,
com todo ardor e 
paixão, com todas
as minhas delícias e
com o mel que das
minhas entranhas
vertem.
Onde já matastes
sua fome de macho.

II

Sou sua amiga,
sua doce e querida,
Sua vontade incontida.
Sacies sua fome,
seu desejo ardente e
em mim farte se do
meu leite
em seus deleites.

III

Nos melhores beijos
que há para sua boca
que esses se percam
loucos em aluvião.
E que sua voz fique
rouca embargada
muda de emoção.
Meu prazer é te dar prazer,
Somente para ti,
ofertados estão... tesão.
todas as doces manjares que
possam haver em mim.

IV

Desmaie em gozos comigo
nessas fotografias em poesias
e em desejos de orgias
sem muito sentido.
Meu querido amante meigo e gentil,
que me acendeu o fogo de mulher
que esteve guardado como
um tesouro escondido
para as madrugadas frias.

V

Alma simples a quem dedico
essa minha paixão insana
Tanto me feres como Matas.
Anjo de olhos negros e face dura,
pelos sulcos e feridas rasgadas
na terra de seu coração.
Que em mim encontres cura,
descanso e a paz silente para
o repousar do seu corpo nas
minhas protuberantes
formas cobiçosas que lhe sejam
suas mais belas poesias.

VI

E que essas se façam molduras
para seu corpo nu e cansado e
adormeças em paz por entre
meus seios em entrega total.
Seus poemas divinos de linguajar
peculiar, só seu, que esmigalham
meu sentimentos de ternura.
Na sua fala mansa, gostosa e
no esculpir dos seus versos
irresilíveis que se derretem
em mim vis canduras.

VII

Quero te dar minha alegria,
não deixar que se arrependas
desse intimo desejo.
Deixes fluir esses momentos,
e não se negue, nem se prives
de mim, e que se entregues.
Eu quero tanto te dar mais e mais
do meu carinho e lhe mostrar
meus dotes contar meus ais e
segredos do amar.

VIII


Ainda é cedo para dizer
eu te amo, mas tarde pra te
dizer o quanto te quero e me
atrais como abelha pelo mel.
Que me deixas tão assim
tão apaixonada, sem te pedir nada.
Fiques com meus beijos ardentes.
E o toque dos meus lábios em ti...
na sua pele sensível o mordiscar
dos meus dentes.
E que possas emitir gemidos
inéditos do que sentes.

Mah Delmond~


"Mas a força sensual está em mim; tenho sonhos eróticos,
sonho com o contrário da minha vida com Gonzalo. Sonho
que homens enormes me possuem, que gozo muitas vezes;
sonho com a bestialidade e desperto com o
gosto de Gonzalo em meus lábios, desejando-o;
o universo da carne parece infinitamente belo"...
Anain Nin
Diário FOGO. pgn. 291.

Imagem: auto retrato.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Eros & Eros


Eros & Eros

Quero....
colocar minha vara bem dura,
pulsando na tua vagina
e ficar brincando
um tempo na entradinha...
brincando encostando o prepúcio
no teu clitóris e esfregando...
sentindo o cheiro que evapora
seu cheiro se cio.
E quando tu não aguentares
mais e pedir implorar para eu te foder..
Eu coloco bem devagar...
E vou até o fundo do teu ser...
E vou aumentando a velocidade...
a intensividade...
na tua profundidade...
Que delícia estes peitos..
mamava até secar a mamãe...
Queria me afogar...

Mah.
9/11/2013
Imagem Samantha Wall

Eros & Eros

Eros & Eros

Eu estou ardendo...
E ele está tão enorme.
Estou com os
culhões estourando..
Que delicia...
Agora comecei
tire a calcinha
ta fechando janelinha...
Eu estou salivando
por estes peitos
gigantescos...
Mulher, depressa
por favor.
Ele está com controle
perfeito, mas ta louco
para explodir vendo a
algo mais na imaginação...
fundo e transportante....
Não quero ficar de polução
em polução.
 
-Mah.