sexta-feira, 23 de novembro de 2012

EDUARDO E MÔNICA


PICAS...
 MIL PICAS TE FODAM...
ANTES...
 DURANTE... E DEPOIS...
URRARÁS COMO UMA CAVALA NO CIO!
LAMBEREI SUA BUÇA COM SOFREGUIDÃO...
AMAMENTAIS MINHA SEDE DE TESÃO!

ANTES DE TECER QUALQUER COMENTÁRIO TENS UMA BELA FÊMEA!
LINDA MULHER... 
UM VERDADEIRO...
ESTOURO...
XEQUE-MATE EM QUALQUER RELAÇÃO...
AMÁ-LA-IA TODOS OS INSTANTES!
NA BUNDA...
 NA BUÇA...
 NÃO PERDOARIA...
DEIXAI DE SER... 
INGRATO...
REFLITA...
 CUMPRA SEU PAPEL DE MACHO...
E QUEM ME DERA EU FODER... 
A MÔNICA!


(MANOEL HÉLIO)

FONTE: PALAVRAS DE POETAS, ANTOLOGIA VIII, EDITORA PHYSIS/SP, VÁRIOS AUTORES, ANO 1998, PÁGINA 58.

2 comentários:

  1. Célio Lima,

    Obrigado pelo seu carinho!!!

    Manoel Hélio
    poeta

    ResponderExcluir
  2. COMO DIZ O POETA ZÉ DE CAZUZA: "Só pela fé é que vale a vida".

    ResponderExcluir